De acordo com o 3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz, aproximadamente 17 mil pessoas entre 12 e 65 anos são usuárias de drogas ou álcool. Com isso, há uma necessidade urgente de tratamento destes indivíduos. Logo, se você mora na capital paulista e tem um parente que é dependente químico, conhecer as modalidades de clínica de reabilitação em São Paulo é essencial.

O tratamento e a recuperação de pessoas nessa situação envolvem atividades multidisciplinares para que elas consigam reconstruir suas vidas e voltar para a sociedade de maneira digna. Assim, encontrarão forças para não terem recaídas e superarem todos os dias a abstinência dos entorpecentes.

Quer saber quais são as clínicas indicadas para cada faixa etária em São Paulo? Confira nosso post!

Modalidades de clínica de reabilitação

Em todo o mundo, há mais de 271 milhões de usuários de drogas, sendo 30 milhões dependentes químicos, de acordo com o Relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes. Já no Brasil, o número de usuários ultrapassa a marca 3,5 milhões.

Com estes dados se faz necessário que o tratamento para dependentes químicos seja diferenciado para homens e mulheres, meninos e meninas abaixo dos 18 anos e também para pessoas acima de 58 anos, visto que cada ser humano reage de maneira diferente e entra para o mundo das drogas por motivos distintos.

Assim, cada pessoa recebe um tratamento específico para que os pontos fracos sejam trabalhados na tentativa de reduzir uma recaída e fazer com que o dependente retome sua vida de forma saudável. Dessa forma, é preciso avaliar alguns critérios, inclusive a idade, para internar o viciado. Entenda melhor continuando a leitura.

Clínicas para meninas e meninos menores de 18 anos

Um dos objetivos das clínicas de reabilitação para adolescentes, além do tratamento da saúde, é a reinserção social. Por isso, os jovens são motivados diariamente com atividades para que eles sintam vontade de participarem do próprio processo terapêutico.

Quando são internados voluntariamente, eles geralmente se predispõem a todas as tarefas, mas se forem internados compulsoriamente, o estímulo é primordial para o bom andamento da cura. Inclusive, o apoio e contato com a família é essencial em qualquer fase.

Então, o início de tratamento ocorre com diversos exames laboratoriais para que os médicos saibam a quantidade de drogas que há no organismo do dependente químico. A partir disso, podem ser utilizados medicamentos para desintoxicação e demais procedimentos terapêuticos.

Passada esta etapa, os adolescentes começam a frequentar as terapias em grupos, visto que nesta idade a influência da turma é relevante. Sendo assim, são direcionados aos Alcoólicos ou Narcóticos Anônimos para que compartilhem suas experiências e reflitam sobre suas vidas.

É relevante ressaltar que as clínicas de reabilitação para meninas e meninos menores de 18 anos pautam suas ações baseadas no Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA). Tudo é feito com a ajuda de especialistas para que eles amadureçam e aprendam a lidar com as dificuldades da vida, mas sem retornar às drogas.

Clínicas para mulheres a partir de 18 anos

Os tratamentos para mulheres adultas se diferem dos homens devido à questão hormonal e ao próprio organismo, além de fatores culturais que as tornam mais sensíveis, precisando de uma demanda de tratamento mais específica.

Logo, os motivos que as levam a consumirem drogas geralmente estão ligados a abuso sexual na infância, violência doméstica, abandono, dentre outros. Desse modo, são necessários profissionais capacitados e também uma clínica direcionada para lidarem com os problemas emocionais e a fisiologia feminina.

Com isso, o resultado do tratamento, inclusive, dependerá da forma como elas são tratadas na clínica de reabilitação. Portanto, verifique se a mesma oferece segurança e tratamentos multidisciplinares com atividades ao longo do dia, buscando um foco maior em outros assuntos que não sejam as drogas e se conscientizem da necessidade de não as usarem mais.

Clínicas para homens a partir de 18 anos

As clínicas masculinas proporcionam terapias voltadas para os homens adultos, facilitando a convivência dos que ali estão internados. Assim, eles compartilham dos mesmos ambientes, tarefas e terapias em grupo, formando um vínculo e uma rede de apoio entre os que já vivenciaram experiências parecidas.

Outro diferencial está nos tipos de tratamentos e técnicas utilizadas para cada um dos dependentes, conforme o vício, nível de gravidade, tempo de consumo, idade, histórico do paciente, etc. É possível contar até mesmo com programas de apoio moral e psicológico para os familiares, já que eles são afetados indiretamente pelo problema.

A fim de que os resultados sejam satisfatórios, busque sempre por clínicas que tenham acompanhamento qualificado, estejam registradas nos órgãos competentes e sejam eficientes e confiáveis.

Clínicas para idosos a partir de 58 anos

A população está envelhecendo, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São mais 4,8 milhões de anciãos, ou seja, 18% da população brasileira é idosa, e não é incomum o consumo de bebidas alcoólicas nesta faixa etária. Desta forma, há a necessidade de clínicas especializadas no tratamento de dependentes químicos ou de álcool para a terceira idade.

Afinal, trabalhar o emocional de um idoso requer conhecimento e competência, principalmente quando ele está viciada em alguma substância química. Pois, além de tratar o organismo, é preciso restabelecer as emoções, o comportamento e também a parte espiritual.

Por isso, é importante que estes pacientes, bem como os demais, estejam sendo tratados por médicos, enfermeiros, psiquiatras, psicólogos e terapeutas ocupacionais para que tenham uma nova visão da vida, resgatando a força e a esperança para continuarem vivendo longe das drogas ou do álcool.

Para que isso aconteça, as clínicas de reabilitação oferecem às pessoas da terceira idade encontros de espiritualidade, terapia em grupo e individual, laborterapia, programas de prevenção a recaída e suporte após a internação.

Todas estas modalidades de clínica de reabilitação em São Paulo fazem parte do catálogo da Clínica Êxodos, onde você ou seu parente terão atenção especializada e diferenciada para tratar a dependência química e o alcoolismo. Isso porque a Clínica oferece as ferramentas necessárias para lidar com os diversos tipos de problema proveniente das substâncias químicas e, dessa forma, a pessoa nesta situação sairá de lá com vontade de viver e com a saúde restabelecida.

Se precisar de mais alguma informação, não perca tempo e entre em contato conosco — teremos o prazer de esclarecer qualquer dúvida ou mesmo agendar sua visita!

Nosso face: 

Telefone 24 horas: (11) 96474-1518

clinica de reabilitação em são paulo

 

Um comentário sobre “Conheça todas as modalidades de clínica de reabilitação em São Paulo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *