Uma das drogas mais consumidas no mundo, a cocaína tem efeitos devastadores para o corpo e para a vida de quem é dependente químico. Com o consumo abusivo, o usuário apresenta mudança de comportamento e na rotina, além de efeitos colaterais que provocam malefícios à saúde e ao bem-estar.

Mas você sabe o que é cocaína? Compreende por que ela é uma droga que leva à dependência de uma forma tão devastadora?

Siga a leitura do post para saber como ela é feita e age no organismo, ocasionando prejuízos que comprometem o desempenho de quem a consome!

O que é cocaína?

Chamada vulgarmente de pó, a cocaína é uma droga psicoativa derivada da folha da coca. A substância tem a aparência de um pó branco e costuma ser inalada por quem a consome. É uma droga altamente consumida, porém, proibida no Brasil.

As sensações percebidas pelos usuários de cocaína vão desde uma euforia momentânea, ilusão de ser mais “poderoso” e mais interessante até a depressão. Já no organismo, os efeitos da droga são extremamente prejudiciais.

Para citar exemplos, ela afeta o sistema nervoso e cardiovascular, pois aumenta a pressão arterial e a frequência cardíaca. A cocaína compromete, ainda, o sistema respiratório e as funções cognitivas.

Principais efeitos

Para entender melhor o que é cocaína, é importante conhecer os seus efeitos. Além de prejudicar a pressão arterial e a frequência cardíaca, é possível citar malefícios, como:

  • aumento da temperatura corporal e da transpiração;
  • inquietação;
  • insônia;
  • pupila dilatada;
  • tremores e contrações musculares involuntárias;
  • agressividade;
  • aumento da taxa de glicose;
  • sensação de dentes anestesiados;
  • falta de apetite;
  • ansiedade.

Como a cocaína é feita?

Conforme dissemos, a droga é um princípio ativo da folha de coca, que tem como nome científico Erythroxylum coca. As folhas são misturadas com produtos químicos — solventes e ácido sulfúrico. Para essa mistura, são utilizadas substâncias altamente prejudiciais, como gasolina.

Como resultado, é obtida uma pasta, na qual é adicionado ácido clorídrico para que a droga seja transformada em pó branco. Talco e pó de giz também são misturados visando aumentar a quantidade da substância. Por ser proibida no Brasil, ela é comercializada por meios ilegais.

Por que a cocaína é tão viciante?

A relação da cocaína com o usuário é um círculo vicioso. Primeiro, é importante lembrar que o corpo humano é motivado por sensações de prazer e novos estímulos de forma natural e constante.

A droga age justamente no sistema nervoso e provoca sensação de prazer, euforia, felicidade, poder. Ao consumi-la, o usuário fica mais comunicativo, sente-se corajoso e em estado de alerta. Quando os efeitos passam, a depressão, a tristeza e a paranoia tomam conta.

Essa troca de estados estimula o usuário a buscar mais uma dose da substância para voltar a ter “boas” sensações novamente. Assim, as doses aumentam e podem levar à dependência.

Agora que você tem clareza sobre o que é cocaína e como ela age no organismo, além dos efeitos que ocasiona, perceba o quanto ela é uma substância capaz de fazer mal para o usuário, tanto fisicamente quanto psiquicamente. Por isso, devemos manter distância dessa droga.

Se você tem casos de dependentes de cocaína na sua família, procure ajuda para saber como lidar com o problema. Saiba, agora mesmo, como funciona o tratamento para dependentes químicos!

Nosso site: www.grupoclinicasexodos.com.br

Nosso Face: 

Fone 24 horas: (11)96474-1518

2 respostas a “O que é cocaína? Entenda por que é tão viciante!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *