Falar sobre internação de usuários de drogas requer informação e orientação profissional. Por isso, para quem tem caso de dependência química na família, é importante identificar alguns fatores para saber como escolher a clínica de recuperação mais adequada.

Aliás, o abuso de drogas, as crises de abstinência e a negação da dependência são situações difíceis de lidar. Logo, é fundamental procurar por uma clínica habilitada para atender usuários, com boas referências e um ambiente seguro e de confiança.

Para auxiliar você nessa tarefa, vamos mostrar, neste post, 5 dicas de como escolher clínica de recuperação para que seu ente querido receba o tratamento indicado e se livre das drogas o quanto antes. Veja!

1. Estrutura e localização

Um dos critérios para saber como escolher uma clínica de recuperação ideal é conhecer a estrutura do local previamente. Verificar os espaços disponíveis, a segurança, o conforto das acomodações são atitudes que colaboram para definir se as instalações atendem às necessidades do tratamento.

A localização também é um fator importante. Se o internado é menor de idade, por exemplo, é comum que a família queira acompanhar mais de perto o processo de recuperação. Nesse caso, uma clínica mais próxima pode facilitar o monitoramento do trabalho.

2. Especialidades e serviços

Preste atenção na equipe que a clínica disponibiliza. O tratamento de reabilitação requer um time de profissionais das mais diversas especialidades: médicos, cuidadores qualificados e psicólogos são alguns especialistas indicados para que o processo ocorra de forma integral.

Os serviços oferecidos também contam para escolher a clínica apropriada. Atividades físicas e intelectuais, por exemplo, complementam e fazem a diferença na evolução do quadro do paciente.

3. Tempo de tratamento e métodos

Questione sobre o tempo necessário para que o tratamento seja realizado e tenha resultados positivos antes de definir a clínica de reabilitação. É importante, ainda, conhecer previamente as etapas e como a internação é acompanhada.

Os métodos para tratar o usuário de drogas enquanto ele estiver internado também precisam ser questionados. Tenha certeza de que os procedimentos estão de acordo com as necessidades e indicações profissionais.

4. Medicamentos e dosagens

O uso de medicamentos precisa ser explicado pela gestão da clínica. Aliás, a dosagem adequada dos remédios deve ser controlada e orientada por profissionais especializados. Ainda, é fundamental garantir o acompanhamento e a revisão constante do tipo e da dose de cada remédio.

5. Práticas e cuidados

A internação de dependentes químicos precisa ir além da medicação. Sendo assim, a questão social também deve ser estimulada, e a prática de atividades e os cuidados com a integridade do paciente são essenciais para que a recuperação seja completa.

Complementam o tratamento e auxiliam no processo de reabilitação a prática de esportes, a manutenção de jardins e hortas, os momentos de reflexão e leitura, entre outras atividades.

Agora você sabe como escolher uma clínica de recuperação mais adequada para atender dependentes químicos é importante compreender que tais quesitos não podem ficar de fora, a fim de que o tratamento, de fato, seja seguro e eficaz. Por isso, se possível, visite o local, tire todas as suas dúvidas e siga as orientações profissionais.

Quer saber mais sobre o trabalho de uma empresa especializada em dependência química? Então, entre em contato com a Clínica Êxodos e conheça nossa estrutura, nossos profissionais e como funciona o tratamento contra as drogas!

Nosso site:

Nosso face:

Telefone 24 horas: (11) 96474-1518

como escolher clínica de recuperação

7 respostas a “5 dicas de como escolher a clínica de recuperação mais adequada”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *